Botão_Especialistas em Vitamina D-02

Ciente da necessidade de promover atualização médica e auxiliar os especialistas quanto ao uso da vitamina D na prática clínica diária, o Aché Laboratórios em parceria com a Clannad Editora Científica desenvolveu o Programa de Educação Médica Continuada Especialistas em Vitamina D.

Direcionado a ortopedistas, reumatologistas, endocrinologistas, pediatras, oncologistas, ginecologistas e demais especialistas interessados nos temas, o programa proporciona em um novo conceito a troca de experiências e discussões com profissionais de excelência de forma flexível e objetiva, possibilitando conteúdo rápido, sem interferir na sua rotina.

O programa é composto por videoaulas transmitidas ao vivo pela internet e por materiais complementares que se relacionam às aulas de forma integrada e são baseados em evidências científicas atuais. Se acompanhadas ao vivo, as aulas permitem o envio de dúvidas e comentários, garantindo a interatividade com os palestrantes e coordenadores do programa, que promoverão um debate ao final das apresentações, além de ficarem gravadas na plataforma para posterior consulta.

Não deixe de participar do Especialistas em Vitamina D! Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso aos conteúdos mais relevantes na área!

Coordenadores

CONHEÇA OS COORDENADORES

Marise Lazaretti Castro cópia 2

Dra. Marise Lazaretti Castro

CRM-SP 42493

Livre-docente. Professora adjunta da disciplina de Endocrinologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM-Unifesp). Chefe do Setor de Doenças Osteometabólicas. Ex-presidente da Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO).

Sergio Maeda

Dr. Sergio Maeda

CRM-SP 94164

Médico assistente da disciplina de Endocrinologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM-Unifesp). Presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional de São Paulo (SBEM-SP).

Especialistas

CONHEÇA OS PALESTRANTES

VICTORIA BORBA

Dra. Victoria Zeghbi Cochenski

CRM-PR 9951

Vice-presidente da Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO), 2017-2018. Professora adjunta de Endocrinologia e Medicina Interna da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Veja mais...

Mestrado em Medicina Interna pela UFPR. Doutorado em Medicina (Endocrinologia Clínica) pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Ex-fellow em Metabolismo Ósseo da University of Arkansas for Medical Sciences (UAMS). Chefe do Serviço de Endocrinologia e Metabologia do Hospital de Clínicas da UFPR (SEMPR).

Fechar

Carolina Moreira

Dra. Carolina Aguiar Moreira

CRM-PR 13485

Doutora em Medicina Interna pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Columbia University/NY. Professora adjunta do Departamento de Clínica Médica da UFPR.

Veja mais...

Médica da Unidade de Metabolismo Ósseo do Serviço de Endocrinologia e Metabologia (SEMPR) do Hospital das Clínicas da Universidade do Paraná. Laboratório PRO, secção de histomorfometria óssea, Fundação Pró-Renal.

Fechar

Luciano de Melo

Dr. Luciano de Melo Pompei 

CRM-SP 76054

Professor Assistente da Disciplina de Ginecologia da Faculdade de Medicina do ABC. Livre-Docente pela Faculdade de Medicina da USP

Veja mais...

Fechar

ben-hur

Dr. Ben-Hur Albergaria

CRM-ES 3775

Médico ginecologista. Mestrado em Saúde Baseada em Evidências pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM-Unifesp). Professor de Epidemiologia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Veja mais...

Pesquisador principal do Centro de Densitometria no Estado do Espírito Santo (CEDOES). Preceptor da Residência Médica em Ginecologia.

Fechar

Lindolfo

Dr. João Lindolfo C. Borges

CRM-DF 2882

Médico Endocrinologista. Professor de Endocrinologia da Universidade Católica de Brasília (UCB). Fellow do Colégio Americano de Endocrinologia, Physician of the Year, ISCD, 1998.

Veja mais...

Presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional Distrito Federal (SBEM-DF).

Fechar

Diogo Domiciano

Dr. Diogo Souza Domiciano

CRM-SP 122488

Assistente-doutor do Serviço de Reumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP).

Veja mais...

Membro da Comissão de Doenças Osteometabólicasda Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) e da Comissão de Densitometria da Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO).

Fechar

Moldura_medicos_Julienne

Dra. Julienne Angela Ramires de Carvalho

CRM-PR 12445

Médica pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Especialista em Endocrinologia Pediátrica pela UFPR. Especialista em Endocrinologia e Metabologia pela SBEM.

Veja mais...

Certificada com Área de Atuação em Endocrinologia Pediátrica pela SBEM-SBP. Mestre em Pediatria pela UFPR. Doutora em Saúde da Criança e do Adolescente pela UFPR. Professora Adjunta do Departamento de Pediatria da UFPR. Coordenadora do Programa de Especialização em Endocrinologia Pediátrica da UFPR. Vice-Presidente do Departamento de Endocrinologia Pediátrica da SBEM. Médica Endocrinologista do Hospital Pequeno Príncipe de Curitiba (PR).

Fechar

Denise Reis Longhi

Dra. Denise Steiner Reis Longhi

CRM-SP 36505

Doutora em Dermatologia. Conselheira da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Coordenadora Científica da SBD e da Educação Médica Continuada da Sociedade Brasileira de Dermatologia, 2015/2016.

Veja mais...

Presidente da SBD, 2013-2014. Professora titular da Disciplina de Dermatologia da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Coordenadora do Capítulo de Cosmética do Colégio Cosmética do Colégio Ibero Latino (CILAD). Presidente da Comissão Científica do Congresso CILAD, 2018. Membro da SBD, da Academia Americana de Dermatologia (AAD) e da Academia Europeia de Dermatologia e Venerologia (EADV).

Fechar

João Evangelista

Dr. João Evangelista Bezerra Neto

CRM-SP 106430

Médico oncologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e Clínica OncoStar/SP. Especialista em Hematologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP).

Veja mais...

Especialista em Oncologia Clínica pelo Hospital Israelita Albert Einstein/SP (HIAE). Doutor em Ciências Médicas pela FMUSP.

Fechar

Miguel Madeira

Dr. Miguel Madeira

CRM-RJ 52-761532

Especialista em Endocrinologia e Metabologia pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Mestrado e Doutorado em Endocrinologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Veja mais...

Professor adjunto da Faculdade de Medicina da UFRJ. Professor adjunto da Faculdade de Medicina da Universidade do Grande Rio (Unigranrio). Médico do Serviço de Endocrinologia do Hospital Federal de Bonsucesso. Vice-presidente do Departamento de Metabolismo Ósseo e Mineral da SBEM, 2017-2018. Presidente do Departamento de Metabolismo Ósseo e Mineral da SBEM, 2019-2020.

Fechar

Videoaulas

Conheça os temas

Vídeos_Imagens home palestrantes_Modulo 1

MÓDULO 1

Disponível

Fisiologia da vitamina D

Dra. Victoria Zeghbi Cochenski Borba

A vitamina D é um a vitamina lipossolúvel que pode ser obtida diretamente da dieta (10-20%), ou produzida a partir do efeito dos raios ultravioleta (290-320nm) sobre a pele. Tem características peculiares, por apresentar uma cascata metabólica complexa e que vem se modificando com a descoberta da importância de enzimas responsáveis por sua degradação. A vitamina D,

Veja mais...

produzida ou ingerida, necessita ser metabolizada em formas ativas para poder se ligar ao seu receptor nuclear (VDR) e exercer sua função na regulação de diversos processos fisiológicos, principalmente relacionados ao metabolismo ósseo. Esta aula revisa a fisiologia da vitamina D, mostrando a via metabólica clássica em detalhes, assim como o mecanismo de ação, além de explorar alguns aspectos de suas ações no organismo.

Fechar

Vídeos_Imagens home palestrantes_Modulo 2

MÓDULO 2

Disponível

Atualização sobre os valores de normalidade da vitamina D

Dra. Carolina Aguiar Moreira

Nesta aula, serão apresentados os novos valores dos níveis séricos da 25OH vitamina D. Estes valores de referência atuais variam de acordo com a idade e a presença de doenças crônicas e/ou uso de medicamentos que impactam sobre o tecido ósseo ou sobre o metabolismo da vitamina D.

Veja mais...

Todas estas doenças e medicações serão comentadas durante a aula. Os valores limítrofes da 25OH vitamina D também serão discutidos, visto que a hipervitaminose  D é prejudicial à saúde,  pelo risco de ocasionar intoxicação de vitamina D e sinais e sintomas clínicos da hipercalcemia.

Fechar

Vídeos_Imagens home palestrantes rgb_Módulo 3

MÓDULO 3

Disponível

Vitamina D na gestação

Dr. Luciano de Melo Pompei

Serão abordados os efeitos da deficiência da vitamina D na gestação, e as consequências nos resultados gestacionais. Também serão mostradas as evidências existentes sobre a suplementação da vitamina D durante a gestação e os efeitos para a gestante e para o recém-nascido, bem como, as diretrizes relacionadas ao tema, em especial as brasileiras.

Vídeos_Imagens home palestrantes rgb_Módulo 4

MÓDULO 4

Disponível

Vitamina D na saúde óssea

Dr. Ben-Hur Albergaria

A vitamina D exerce um papel central na promoção e manutenção da  saúde esquelética. As consequências da deficiência de vitamina D são hiperparatiroidismo secundário e perda óssea, levando à osteoporose e fraturas, defeitos de mineralização (que podem levar à osteomalácia no longo prazo),

Veja mais...

e fraqueza muscular, que causa quedas e fraturas. Os níveis de vitamina D estão relacionados à densidade mineral óssea e remodelação óssea. A suplementação de vitamina D pode diminuir a remodelação óssea e aumentar a densidade mineral óssea. Vários ensaios randomizados de vitamina D, controlados por placebo, mostraram uma diminuição significativa na incidência de fratura e quedas.

Fechar

Vídeos_Imagens home palestrantes rgb_Modulo 5

MÓDULO 5

Disponível

Vitamina D pós-cirurgia bariátrica

Dr. João Lindolfo C. Borges

A alta prevalência de obesidade é uma questão mundial, principalmente por sua associação com condições crônicas de saúde. Surge como resultado da complexa sinergia dos aspectos genéticos, estilo de vida e metabólicos e é definido como um índice de massa corporal (IMC) ≥ 30 kg/m2.

Veja mais...

A prevalência de obesidade em adultos nos Estados Unidos entre 2007 e 2012 foi de 35% entre os homens e 37% entre as mulheres. A prevalência da obesidade aumentou em todo o mundo, afetando os Estados Unidos, a Europa e os países em desenvolvimento, e perturbou até mesmo as nações mais pobres do mundo. Dados de 2014 mostraram que população brasileira está ganhando peso – 16,8% da população é obesa e 52,5% apresenta excesso de peso. A distribuição de gordura influencia o risco relacionado à obesidade. Especificamente, a adiposidade abdominal está associada a um risco aumentado de síndrome metabólica; um grupo de múltiplos fatores de risco cardiovascular, incluindo hipertensão, diabetes ou tolerância à glicose diminuída; circunferência abdominal aumentada; e dislipidemia. Indivíduos obesos também podem desenvolver outras doenças crônicas, tais como síndrome da apneia obstrutiva do sono, doença hepática gordurosa não alcoólica, gota, síndrome dos ovários policísticos, certos tipos de câncer, hipogonadismo, doença musculoesquelética incluindo aumento do risco de fraturas e doenças psicológicas. A perda de peso pode ser difícil de realizar e manter. Portanto, muitos indivíduos obesos, particularmente aqueles com obesidade grave e com comorbidades, são encaminhados para tratamento cirúrgico. Evidências corroboram a decisão pela cirurgia bariátrica não apenas por causa da redução do corpo gorduroso, mas também por causa dos benefícios substanciais de morbimortalidade em longo prazo em comparação com o tratamento não cirúrgico. Entretanto, a cirurgia bariátrica não é isenta de complicações, especialmente porque envolve má absorção de vários nutrientes. Notavelmente, as deficiências nutricionais mais comuns após a cirurgia bariátrica são vitamina B12, ferro, folato, cálcio e vitamina D. Como resultado, essas deficiências devem ser reconhecidas precocemente e tratadas para evitar possíveis complicações pós-operatórias, como hiperparatireoidismo e doença óssea metabólica.

Fechar

Vídeos_Imagens home palestrantes rgb_Módulo 6

MÓDULO 6

Disponível

Vitamina D na criança e no adolescente

Dra.  Julienne Angela Ramires de Carvalho

A vitamina D é essencial para a regulação do metabolismo do cálcio e fosfato, especialmente durante o processo de mineralização esquelética e aquisição da massa óssea. Além dos efeitos clássicos da vitamina D sobre o metabolismo osteomineral, há evidências de outros efeitos sistêmicos nas diferentes faixas etárias.

Veja mais...

A hipovitaminose D é uma condição altamente prevalente em todo o mundo, inclusive no Brasil. Estudos brasileiros mostram que em crianças e adolescentes a prevalência de hipovitaminose D é próxima de 60%.

A suplementação de vitamina D no primeiro ano de vida é fundamental para garantir o status adequado de vitamina D e prevenir o raquitismo nutricional. O leite materno e as fórmulas lácteas possuem quantidades insuficientes de vitamina D para prevenir sua deficiência.

Atualmente não recomenda-se o screening para deficiência de vitamina D em crianças e adolescentes saudáveis. Contudo, deve-se identificar grupos de risco para hipovitaminose D, agir profilaticamente, fazer avaliação laboratorial e tratar quando necessário.

Fechar

Vídeos_Imagens home palestrantes rgb_Módulo 7

MÓDULO 7

22 de outubro de 2019 | 20h30

Vitamina D na Oncologia

Dr. João Evangelista Bezerra

Nesta aula, discutiremos o papel da suplementação de vitamina D na prevenção primária e secundária de neoplasias. Apresentaremos as indicações da suplementação de vitamina D durante o tratamento oncológico e discutiremos, ainda, os potenciais benefícios da suplementação de vitamina D na resposta ao tratamento oncológico.

Vídeos_Imagens home palestrantes_Modulo 8

MÓDULO 8

5 de novembro de 2019 | 20h30

Vitamina D nas doenças autoimunes e degenerativas

Dr. Diogo Souza Domiciano

Nesse módulo, haverá discussão sobre o potencial papel da deficiência de vitamina D na fisiopatologia das doenças autoimunes e a evidências atuais no que diz respeito aos efeitos extraesqueléticos da vitamina D com ênfase no sistema imune.

Vídeos_Imagens home palestrantes_Modulo 9

MÓDULO 9

26 de novembro de 2019 | 20h30

Sol ou suplementação de Vitamina D

Dra. Denise Steiner Reis Longhi

A literatura científica tem discutido exaustivamente o papel da vitamina D no organismo. Sabemos que a mesma estimula a absorção de cálcio do intestino e promove a mineralização óssea. A quantidade adequada de vitamina D no sangue varia de acordo com a idade, cor da pele,

Veja mais...

localização geográfica e quantidade disponível de sol. Os níveis de vitamina D no sangue, quando baixos, podem estar associados a vários tipos de doenças sistêmicas, em especial a osteoporose e raquitismo. A luz solar é o estímulo mais importante para a ativação da vitamina D e a manutenção dos seus níveis desejáveis no sangue, porém ela também pode ser mantida através de uma dieta rica ou suplementação específica. Há muita controvérsia a respeito da melhor estratégia para manter níveis adequados de vitamina D no sangue. A radiação ultravioleta, embora eficaz, quando em excesso pode favorecer o aparecimento de câncer de pele. Em relação à dieta, sabemos que há poucos alimentos naturais ricos em vitamina D e, por outro lado, a suplementação pode causar toxicidade sistêmica. Nessa aula, haverá discussão sobre os prós e contras em relação ao estímulo da radiação ultravioleta e a suplementação para a manutenção adequada dos níveis de vitamina D sanguíneos.

Fechar

Vídeos_Imagens home palestrantes_Modulo 10

MÓDULO 10

10 de dezembro de 2019 | 20h30

Análise crítica dos últimos estudos em Vitamina D

Dr. Miguel Madeira

Nesse módulo, será realizada uma rigorosa análise científica dos mais recentes estudos observacionais e de intervenção referentes à vitamina D.

Marcas Site-03
Marcas Site-01
Marcas Site-02